Porque Covid-19 foi nomeado de pandemia

Porque Covid-19 foi nomeado de pandemia

Você sabe o motivo que levou o Covid-19 a nomeação de Pandemia? Se não, acompanhe este artigo para descobrir.

Advertisement

A infestação do novo coronavírus, que causa Covid-19, tem ocupado manchetes de todos os veículos de comunicação e também prendido nossa atenção nos últimos dias.

Em síntese, a doença que parecia uma epidemia local, se iniciando em Wuhan, na China, mudou de classificação após análises da OMS – Organização Mundial da Saúde a poucos dias atrás para o termo pandemia.

Mas o que exatamente é uma pandemia? E o que levou ao novo coronavírus a entrar nesta classificação.

Entenda isso e outros detalhes sobre o Covid-19 neste artigo dividido nos seguintes tópicos:

Advertisement

Pandemia – uma questão taxonômica

O surgimento repentino e a rápida disseminação global de SARS-COV-2, ou novo Coronavírus, causou confusão sobre o significado da palavra “pandemia” e como reconhece-las quando ocorrem.

Basicamente, o uso do termo pela mídia e por profissionais da área, frequentemente parecem estar em desacordo.

Por exemplo, alguns argumentaram que um nível de transmissibilidade explosiva era suficiente para declarar uma pandemia, enquanto outros sustentavam que a gravidade da infecção também deveria ser considerada.

Nos séculos XVII e XVIII, os termos epidemia e pandemia foram usados ​​de maneira vaga e frequentemente intercambiável em vários contextos sociais e médicos.

O primeiro uso conhecido da palavra pandemia, em 1666, refere-se a “uma Pandemick, ou Endemick, ou melhor, uma doença vernacular”.

Advertisement

Dois séculos depois, em 1828, a primeira edição do epidemiologista e lexicógrafo Noah Webster do Webster’s Dictionary listou epidemia e pandemia como termos sinônimos.

Webster, que viveu a pandemia de gripe de 1789 a 1790, refere-se em seu dicionário apenas à gripe epidêmica e não à gripe pandêmica.

Classificação necessária após o século XX

Assim, no início do século XIX, o termo epidemia, quando usado como substantivo, havia se tornado aceito para o que chamaríamos hoje de epidemia e pandemia, com o termo pandemia caindo em desuso crescente

No entanto, à medida que as sociedades estavam evoluindo, o mesmo ocorria com os padrões de doenças e com o entendimento científico de como as doenças se espalham.

A revolução industrial trouxe milhões de pessoas para os centros urbanos, enquanto navios e locomotivas a vapor dispersavam números cada vez maiores de indivíduos amplamente e até globalmente.

Por isso, esta classificação se tornou necessária.

O que é uma pandemia?

Hoje podemos dizer que uma epidemia se difere de uma pandemia e de outros termos comuns usados por entidades de saúde.

Veja também
1 De 4

Pois, de acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, existem diferenças significativas entre surto, epidemia e pandemia.

Surto é quando aumenta os casos de uma determinada doença acima do esperado em uma certa área. Lembrando, no entanto, que isto acontece de forma súbita e inesperada.

Por sua vez, epidemia é mais ou menos semelhante ao surto, só que ele se espalha por uma região maior.

Podemos dizer que surto e epidemia só divergem em grau e tamanho.

No entanto, pandemia é quando uma epidemia acaba se alastrando por diversos países e continentes e afeta uma porcentagem significativa da população.

Quais foram as maiores pandemias da história?

Com um mundo cada vez mais globalizado e interconectado, a incidência de pandemias tende a serem maior.

Mas não é de hoje que isso acontece. O primeiro grande acontecimento deste porte foi a Peste Negra, que aconteceu no século XIV.

Ela reapareceu séculos depois em Londres, no ano de 1665, e matou 20% da população da cidade.

Depois tivemos a Gripe Espanhola, que se espalhou pelo mundo entre 1918 e 1919.

Ninguém sabe onde ela se originou (ela se chama “espanhola” por ter matado o rei da Espanha), mas a Primeira Guerra Mundial teve papel decisivo na sua disseminação.

Ainda tivemos:

  • Gripe asiática em 1957;
  • Pandemia de gripe em 1968 (a “gripe de Hong Kong”);
  • A AIDS nos anos 80;
  • A gripe suína de 2009.

Por que Covid-19 foi nomeado de pandemia?

Covid-19 foi declarado uma pandemia pela OMS pois ela já se espalhou para diversos continentes, e já é manifesta nas mais diferentes regiões do mundo.

Os governos, a partir deste momento devem estar preparados, fechar suas fronteiras e, segundo o diretor geral da OMS, Thedros Ghebreyesus, 4 atitudes-chave devem ser abordadas:

  • Se preparar e ficar alerta;
  • Detectar, proteger e tratar;
  • Reduzir transmissão;
  • Inovar e aprender.

É importante isolar, testar e tratar todos os casos. Assim como traçar os focos de origem em cada região que ela se manifesta.

Conclusão

Com a declaração do Covid-19 como pandemia, autoridades como um todo, devem estar mais alertas, para evitar que isso se alastre cada vez mais pela população.

Decerto nós também temos que fazer nossa parte. Nos cuidando, seguindo as orientações do Ministério da Saúde, e evitando aglomerações e contatos no máximo possível.

Certamente com determinação e paciência conseguiremos todos contornar mais este desafio.

Por fim, lembre-se de COMPARTILHAR este artigo, pois assim ajudará seu próximo a compreender o que estamos enfrentando e o que ainda teremos que passar para então VENCER essa pandemia!

 

Referências consultadas

https://www.health.com/condition/infectious-diseases/worst-pandemics-in-history

https://www.healthline.com/health-news/what-does-it-mean-to-declare-a-pandemic#4-key-areas-that-must-be-addressed

https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/03/24/coronavirus-Covid-19-sars-cov-2-e-mais-veja-a-explicacao-para-16-termos-usados-na-pandemia/

https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/1283424/mod_resource/content/1/MI_Br%20%281%29.pdf

Leia também

Esse site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade
error: Conteúdo protegido!!