Coronavírus na Europa

Coronavírus na Europa

Coronavírus na Europa está ganhando ares de tragédia humanitária, de tal forma que nunca foi vista desde a Segunda Guerra Mundial. Vamos entender como isso aconteceu no velho continente.

Advertisement

A pandemia começou em Wuhan, capital do distrito de Hubei, na China, no final do ano passado como já explicamos em outro artigo, certo?

No entanto, já sabemos que o Sars-CoV-19 não respeita fronteias internacionais, tão pouco limítrofes nacionais.

Em pouco tempo, ele se espalhou para muitos países e milhares de pessoas morreram, e continuem falecendo todos os dias.

Hoje, portanto, vamos analisar como isso aconteceu e como que ele se espalhou pelos países europeus, com foco nas principais nações deste continente, ou seja, França, Itália, Espanha, Reino Unido e Alemanha.

Advertisement

Dividimos os textos nos subtítulos abaixo para facilitar a leitura, portanto, aproveite o conteúdo:

A chegada do Coronavírus na Europa: França

Os primeiros casos de Coronavírus na Europa foram cinco pacientes internados no Hospital Universitário Bichat-Claude Bernard (Paris, França) e no Hospital Universitário Pellegrin (Bordeaux, França) e diagnosticados com COVID-19 em 24/01.

Na ocasião, foram avaliados padrões de doença clínica e carga viral de diferentes amostras (amostras nasofaríngeas, de sangue, urina e fezes).

Estas amostras foram obtidas uma vez ao dia por 3 dias a partir da admissão no hospital e a cada 2 ou 3 dias até a alta do paciente.

Os pacientes eram três homens (31 anos, 48 ​​e 80 anos) e duas mulheres (30 e 46 anos), todos de origem chinesa, que haviam viajado da China para a França por volta de meados de janeiro de 2020.

Advertisement

Os cinco pacientes desta série de casos, em diferentes estágios da infecção, incluem dois com doença leve na admissão e uma piora secundária.

Essa piora resultou em sua admissão na unidade de terapia intensiva (UTI).

No início de fevereiro, no entanto, aconteceu que chama de surto de Les Contamines-Montjoie.

Partindo, de um grupo que estava nesta região e contraiu o vírus de um britânico que havia estado anteriormente em Cingapura.

E, no dia 28 de fevereiro, o turista chinês falado anteriormente, se tornou, portanto, o primeiro caso e morte por Coronavírus não apenas na França, mas na Europa como um todo.

Coronavírus na Espanha

Já na terra de Cervantes, o surto se iniciou nas Ilhas Canárias, em La Gomera com a contaminação de um turista alemão, em 31 de janeiro.

Na Espanha continental, entretanto, o vírus começou a se espalhar em Tenerife, tendo como foco italianos que estavam contaminados.

Veja também
1 De 4

Essas pessoas, contraíram o Sars-CoV-19 de um médico na Lombardia. Houve também um caso de torcedores espanhóis do Valência que voltaram contaminados de um jogo pela UEFA Champions League.

A primeira morte na Espanha foi em Valência. A pessoa havia estado de férias no Nepal e faleceu em 13 de fevereiro. Contudo, o vírus foi detectado nele apenas depois de morto.

Até o dia 4 de abril havia quase 125 mil caso e cerca de 35 mil mortos na Espanha. Ela superou a China em número de mortes em 25/03.

Coronavírus na Europa – quando atingiu a Alemanha

Foi na Baviera, em 27/01, que Coronavírus Europa começou a se espalhar entre os cidadãos da Alemanha.

O surto se iniciou em uma fábrica de autopeças, possivelmente de funcionários que haviam estado na Itália antes.

Quando os italianos começaram a passar pelo seu pior período da crise, final de fevereiro, diversos casos também começaram a aparecer em Renânia, Bremen, Hamburgo e Baden-Württemberg.

Entretanto, a primeira pessoa que foi a óbito pelo Coronavírus foi em Heinsberg, que pertencem a Renânia do Norte, a região que mais sofre deste mal na Alemanha.

Reino Unido – focos do coronavírus

Já na terra da Rainha Elizabeth II, o vírus começou a fazer suas vítimas em Newcastle, a partir de uma família de chineses.

Até o início de março, todos os países do Reino Unido já tinham casos de Coronavírus.

Atualmente, o primeiro ministro britânico, Boris Jonhson, se encontra internado com Covid-19.

Na Itália, epicentro por dias da Covid-19, o número de mortos é alto

Na Itália, é curioso o fato de que a dispersão do vírus Sars-CoV-19 tenha ocorrido no Jogo entre Atalanta contra Valência, que foi realizado em Milão.

Pois mesmo estando a OMSOrganização Mundial da Saúde – emitindo alertas constantes, afirma-se que houve negligência em promover este evento, o qual tornou-se um disseminador do coronavírus.

Mas, o primeiro caso na Itália, conforme pesquisas, foram em dois turistas vindos da China e que estavam em Roma, logo depois, a Lombardia foi severamente afetada.

Em todo mundo, a Itália é o segundo país com mais casos e mortes por Coronavírus, perdendo apenas para os Estados Unidos, como veremos sobre em outro post.

Países da Europa Oriental sofrem menos com a pandemia

Essa afirmação atribui-se aos antigos países comunistas. Os quais continuam menos expostos a movimentos massivos de população, ilustrados pelo tamanho dos aeroportos, por exemplo.

Além disso, a população da Europa Oriental é mais disciplinada no respeito às instruções de auto isolamento e confinamento.

Nas capitais da Europa Oriental, dificilmente se pode ver alguém na rua sem máscara. Pois, aparentemente, europeus orientais levam a ameaça do coronavírus mais a sério.

Na mesma linha, europeus orientais se opuseram firmemente à migração, como se os “estrangeiros” destruíssem suas sociedades à maneira dos filmes de ficção científica.

Os europeus do leste, em geral, não conseguem entender o laissez-faire ocidental. E isso evita que o Coronavírus se espalhe.

Conclusão

Veja que temos algumas lições a aprender com a Europa, para assim evitar que o Coronavírus seja mais terrível para nós brasileiros do que já está sendo em outros países.

O que você não pode deixar de fazer é de se atualizar sobre coronavírus na Europa, portanto permaneça acompanhando nossas postagens.

Enfim, se este artigo foi esclarecedor COMPARTILHE, pois assim ajudará seu próximo a compreender o que estamos enfrentando e o que ainda teremos que passar para então VENCER o novo coronavírus.

 

Referências consultadas

https://www.thelancet.com/journals/laninf/article/PIIS1473-3099(20)30200-0/fulltext

https://doi.org/10.1016/S0140-6736(20)30673-5

https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(20)30627-9/fulltext

https://pt.wikipedia.org/wiki/Pandemia_de_COVID-19_na_Europa

https://metro.co.uk/2020/02/15/sixth-brit-visited-french-ski-chalet-tests-positive-coronavirus-12247228/

https://www.bbc.com/news/world-europe-51638095

Advertisement

Leia também

Esse site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Politica de Privacidade
error: Conteúdo protegido!!