Perícia Médica do INSS por Depressão

Perícia Médica do INSS por Depressão

Precisa passar por perícia médica do INSS por depressão? A depressão é uma doença séria que precisa de tratamento e pode incapacitar para o trabalho.

Por isso, se o seu psiquiatra recomendou, é importante perícia médica do INSS por depressão para que você possa ter o melhor tratamento.

Advertisement

Nós elencamos algumas das principais dúvidas de quem vai passar pela perícia médica do INSS por depressão, para te ajudar a se preparar.

Confira em nossos links rápidos, quais são os temas que abordaremos sobre perícia médica do INSS por depressão:

  1. Como agendar perícia médica do INSS por depressão?
  2. Leve laudos e receitas para a perícia médica do INSS por depressão
  3. O perito pode negar meu auxílio doença?
  4. O período do auxílio acabou e meu médico continua pedindo afastamento
  5. Depressão precisa de tratamento, siga a orientação de seu médico

Como agendar perícia médica do INSS por depressão?

O processo de agendar perícia médica do INSS por depressão se dá como nos demais casos de agendamento desse procedimento.

Advertisement

Basta ligar para o 135 que é a central do INSS ou acessar o site oficial do órgão, para realizar o agendamento de perícia.

No site ou telefone, é comum que o órgão disponha de vagas para agendamento com um longo período de espera.

Entretanto, a partir do dia de seu agendamento, tendo o pedido deferido você receberá o auxílio retroativo.

Por isso, o mais indicado é sempre agendar a perícia médica do INSS o quanto antes, após receber a indicação de seu médico para afastamento.

Leve laudos e receitas para a perícia médica do INSS por depressão

É importante solicitar ao seu médico que emitiu o atestado, um laudo sobre a sua necessidade de afastamento para tratamento.

Levar esse laudo, receitas e todos os exames que possam comprovar a sua depressão é útil para a análise do médico perito.

Advertisement

De modo que, a perícia médica do INSS possa compreender a visão de seu médico, identificando a necessidade de afastamento para tratamento.

É fundamental apresentar esses documentos ao longo de sua perícia médica do INSS por depressão, para que o perito conheça seu histórico de saúde.

Afinal, a perícia não é uma consulta médica. É apenas uma etapa para que o INSS constate sua incapacidade de trabalhar no período de tratamento.

Garantindo assim, que você receba um auxílio doença para que não fique desprovido financeiramente enquanto restaura sua saúde.

O perito pode negar meu auxílio doença?

Sim! Não é incomum que a perícia médica do INSS por depressão, tenha como resultado um indeferimento.

No entanto, é fundamental ir para a perícia na data agendada, com todos os comprovantes já citados.

Faltar a sua perícia médica do INSS por depressão, não trará resultado positivo algum e não é uma conduta adequada.

O ideal é que você compareça à sua perícia médica do INSS por depressão, para que possa ter um resultado do perito.

Comprove sua incapacidade de trabalhar com atestado, receituário e exames se possível e aguarde o resultado.

Caso seu benefício seja indeferido, ligue novamente para o 135 ou acesse o site, para abrir um processo administrativo.

Esse processo irá fazer com que uma junta de profissionais do INSS analise se o médico perito errou ao não oferecer seu benefício.

Possibilitando que o benefício seja concedido para seu período de tratamento. Caso o processo resulte em novo indeferimento é possível recorrer judicialmente.

O período do auxílio acabou e meu médico continua pedindo afastamento

É bastante comum que o médico psiquiatra continue solicitando afastamento da carreira, mesmo após o prazo de auxílio doença se encerrar.

Nesse caso, basta agendar mais uma perícia médica do INSS por depressão, solicite a perícia de prorrogação.

Haverá um agendamento para que você novamente leve atestados de seu médico, laudo e demais documentos comprobatórios.

Dessa forma, o perito irá analisar seu tratamento e identificar se realmente está sem condições de voltar a trabalhar.

O procedimento é bastante parecido com a perícia anterior. Assim como, é possível recorrer caso o perito não conceda a prorrogação de benefício.

Uma vez que, o seu médico orientou o afastamento motivado pelo seu histórico de saúde. Portanto, é preciso ter o benefício nesse período.

Justamente para evitar qualquer tipo de vulnerabilidade durante o seu tratamento para depressão, que te incapacita de continuar trabalhando diariamente.

Sempre que houver necessidade de recorrer de um indeferimento, é importante abrir o processo administrativo reunindo todos os documentos comprobatórios.

Como exames, receituário médico e laudo. Para que a junta do INSS possa fazer uma análise adequada da situação.

Possibilitando a liberação da continuidade de seu auxílio doença no período necessário para continuar seu tratamento.

Uma vez que, alguns ambientes de trabalho podem ser gatilhos para piorar o quadro de depressão.

É por isso que, o afastamento é necessário para o tratamento, auxiliando seu médico a recuperar a sua saúde mental.

Depressão precisa de tratamento, siga a orientação de seu médico

É comum que, por ser um processo burocrático o paciente não queira recorrer a perícia médica do INSS por depressão.

No entanto, se o psiquiatra recomendou o afastamento de seu trabalho como medida de seu tratamento, é fundamental obedecer.

Apesar de ser um processo burocrático, o paciente está exercendo seu direito como segurado do INSS.

Caso contrário, não terá condições de dar continuidade ao tratamento da forma adequada, ocasionando prolongamento de seu sofrimento ocasionado pela depressão.

Portanto, é fundamental aproveitar que agora você já sabe como funciona a perícia médica do INSS por depressão, para utilizar isso a seu favor.

Uma vez que, ter o suporte financeiro durante o tratamento, sendo afastado legalmente de seu trabalho é indispensável.

Afinal, o tratamento de depressão inclui a compra de medicações, pagamento de profissionais e demais custos.

O que faz com que seja preciso ter o auxílio doença para custear todos esses aspectos de seu tratamento, te ajudando a reestabelecer a sua saúde mental.

Saiba mais sobre Perícia Médica, veja aqui.

Aproveite que você aprendeu como funciona a perícia médica do INSS por depressão, e COMPARTILHE esse conteúdo com seus amigos que precisam aprender.

Leia também

Esse site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade