Como Investir no Tesouro Direto

O que você precisa saber sobre o TD? Entenda!

Investir no Tesouro Direto é uma opção interessante e acessível para os interessados em investimentos seguros. O que você precisa saber sobre o TD? Entenda!

Investimentos são essenciais para a vida de todos os brasileiros – e infelizmente isso é algo que não aprendemos na escola.

Advertisement

Dinheiro parado acaba desvalorizado. Logo, mesmo que tenhamos só um pouco, investir em algo rentável é sempre mais interessante.

Porém, há um número gigante de pessoas que não entendem ou não pensam assim.

Afinal de contas, a ausência de educação financeira é a realidade dos brasileiros.

Muitos têm medo de colocar seu dinheiro em alguma aplicação, outros realmente não sabem nem por onde começar.

Advertisement

Se você é uma destas pessoas, este texto vai te guiar! Leia-o integralmente nos seguintes tópicos:

Por que é importante investir no Tesouro Direto?

Sabemos que a pandemia gerou uma crise muito grande não apenas no Brasil, mas em todo mundo.

Contudo, mesmo nestes momentos, pensar em investimentos é sempre importante.

Por isso, vamos mostrar alguns motivos para demonstrar que esta é uma ação que pode mudar a sua vida.

Investir é a melhor forma de planejar o futuro

Ter um objetivo mais à frente é algo que alimenta o nosso dia a dia.

Quem não planeja, não projeta nada para o futuro, cedo ou tarde acaba sentindo que as coisas não fazem mais sentido.

Veja que os projetos podem ser aleatórios, por exemplo, conquistar a casa, viajar, estudar fora do país…

Advertisement

Para cimentar os seus sonhos, é necessário ter um planejamento financeiro.

E de fato ter um investimento seguro é a melhor forma disso acontecer.

Logo, investir no Tesouro Direto é uma grande opção.

É melhor prevenir do que remediar

Este ditado popular é bem conhecido, repetido à exaustão por mães e avós de todo país.

Ter um investimento no Tesouro Direto, por exemplo, vai lhe permitir ter uma reserva para ser usado em emergências.

E com o próprio nome diz, emergências não tem hora para acontecer.

Portanto, ter uma reserva estratégica vai lhe impedir de pagar os juros exorbitantes.

Porque de fato, na hora em que precisa de um aporte financeiro, você acabará aceitando os juros altos.

Além disso, investindo agora você garante um futuro melhor para si e sua família.

No entanto, como tudo na vida, é preciso aprender sobre investimentos e como investir no Tesouro Direto, certo?

Então, é necessário e fundamental estudo para não acabar se confundindo.

Mas o que é Tesouro Direto?

No ano de 2002 foi criado um programa pelo Tesouro Nacional que permitia que pessoas comuns – como eu e você – pudéssemos comprar títulos do Governo Federal.

Mas o que isso significa?

Basicamente, é como se você emprestasse dinheiro ao governo, e combinasse receber mais à frente um valor maior.

Esta modalidade de investimento possui algumas vantagens. Uma delas é a capilaridade – a maioria das instituições financeiras trabalha com Tesouro Direto.

Além disso, é possível investir no Tesouro Direto com pouco dinheiro, o que é ótimo para quem está começando.

Veja esse vídeo da Nathalia Arcuri, sobre Tesouro Direto:

Em síntese, é possível começar comprando títulos a R$30, sendo o valor máximo de investimento de um milhão por mês.

Além disso, não é necessário comprar um título por inteiro – você pode adquirir frações dele, sendo que a mínima é 1%.

Contudo, as rentabilidades e prazos de vencimentos mudam, assim como as remunerações.

Isso entendido, veja agora os principais títulos do Tesouro Direto.

Quais os principais títulos para investir no Tesouro Direto?

Primeiramente, é necessário entender que existem títulos pré-fixados e pós-fixados, e alguns que são a mistura dos dois, os títulos híbridos.

Conhecê-los fará com que você saiba como investir no Tesouro Direto com mais segurança e de acordo com seus objetivos.

Sintetizando, os pré-fixados possuem um vencimento, em uma data específica, e você sabe quanto vai receber.

Contudo, isso acontece apenas se você retirar o dinheiro neste dia.

Já no caso dos pós-fixados, somente no momento que resgatar o dinheiro você saberá o quanto vai receber.

Embora, pode haver variações para cima ou para baixo dos indexadores relacionados ao investimento.

No entanto, os critérios de remuneração são informados previamente.

Já no caso dos híbridos, parte fica definida desde o início, parte fica a cargo da variação da inflação.

O que é o Tesouro Selic?

Em síntese, Selic é uma taxa que o Banco Central define de 45 em 45 dias.

Ele não possui muitas variações e a liquidez é diária, ou seja, é adicionado rendimentos diariamente.

Então para investir no Tesouro Direto você pode retirar seu dinheiro antes da data de vencimento, o que faz dele uma excelente fonte emergencial.

O que é o Tesouro Prefixado?

Aqui você sabe exatamente o quanto vai receber na data do seu vencimento.

Contudo, ao retirar antes, você pode tirar menos dinheiro do que investiu, ou mais, dependendo da variação do mercado.

Lembrando que existe uma opção no Tesouro Prefixado que é com Juros Semestrais

Neste caso, duas vezes por ano você recebe os juros até aquela data.

Contudo, terá que pagar Imposto de Renda na sua alíquota máxima: 22,5%.

Entretanto, investir no Tesouro Direto pré-fixado é ótimo se você precisar de um dinheiro extra a cada semestre.

E o Tesouro IPCA+, o que é?

Em suma, nesta modalidade híbrida, parte permanece pré-fixada e parte fica indexada ao IPCA.

O lado bom aqui é que ao investir você ficará protegido da inflação, pois seus ganhos serão sempre maiores que ela.

Além disso, também tem a possibilidade dos Juros semestrais, que funcionam da mesma forma que o Tesouro Prefixado com Juros semestrais.

Mas a diferença é que depois de 720 dias, o imposto de renda segue uma tabela regressiva de até 15%.

Como investir no Tesouro Direto?

Com estas informações em mãos, fica a pergunta: como realizar investimentos no Tesouro Direto?

Você pode ir até o seu banco e pedir ao gerente que ele apresente o investimento no tesouro Direto.

Se preferir, poderá acessar o site do Tesouro Direto do Governo e realizar o investimento você mesmo.

Lá inclusive é possível fazer uma simulação do investimento, o que vai lhe dar uma boa noção.

Enfim, vimos aqui porque você deve investir. Vimos também quais os principais títulos do Tesouro Direto.

Além disso, mostramos como investir no Tesouro Direto. Então, se este texto lhe ajudou de alguma forma, compartilhe em suas redes sociais.

Advertisement

Participe do Nosso Grupo e receba Novidades na palma da mão:

WhatsApp Telegram

Leia também

Esse site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade
Clique e Entre em Nosso Grupo 🥰