Começar investir – Principais dúvidas

O investimento é algo fundamental para quem deseja ter estabilidade financeira!

Você está pensando em começar investir, mas está repleto de dúvidas sobre isso? Então está com sorte, pois estamos aqui para saná-las. Vamos lá.

O investimento, nos dias de hoje, é algo fundamental para quem deseja ter algum tipo de estabilidade financeira.

Advertisement

Pois, desta forma, é possível fazer com que o dinheiro trabalhe para você, e não fique estagnado, ganhando poeira em alguma conta corrente.

E de fato muitas pessoas possuem dúvidas, questionamentos, que levam inevitavelmente ao medo de começar a investir.

Contudo, aos poucos este cenário está mudando.

Segundo a pesquisa PoderData, realizada no final de 2021, averiguamos que 10% dos brasileiros investe ou então já fez investimento na Bolsa de Valores.

Advertisement

Apesar de ser maior do que os números anteriores, ainda não é uma quantia muito expressiva.

Por isso estamos aqui para esclarecer alguns pontos nebulosos que podem nos afastar de fazer investimentos.

Além de desmistificar o processo e tirar dúvidas e combater as fakes news que rolam por aí. Acompanhe nos seguintes tópicos:

O que é isso

Dúvidas mais comuns de quem irá começar investir

Investir é mesmo necessário?

Primeiramente, vamos começar pelo básico. Muitas pessoas têm receio de investir, pois consideram que isso não é realmente necessário.

Ou então acreditam que, ao fazer isso, estará enriquecendo banqueiros, financistas, Illuminatis, ou seja, lá qual teoria da conspiração preferir.

Advertisement

Investir é diferente de não gastar, ou apenas manter suas economias.

E a principal diferença é que ele vai lhe conceder retorno.

Cada dinheiro investido passa a ser um ativo importante, que vai lhe ajudar a realizar os seus sonhos.

Por isso, não caia na conversa das pessoas paranoicas com relação aos investimentos. Pois decerto esta é a melhor maneira de juntar algum dinheiro.

Título não é aquilo que um time ganha em um campeonato?

Em investimentos, não. Saber o que são títulos é uma parte fundamental da compreensão sobre o tema.

Títulos são nada mais que diversos “papéis” que o governo coloca no mercado para vender, com o objetivo de angariar mais recursos.

E o melhor de tudo, é que você pode investir neles – através da compra de títulos.

Eles possuem algumas características bem sedutoras para quem começa a investir, como por exemplo:

  • Não possuem muito custo;
  • São confiáveis, pois não oferecem risco, já que estão amparadas por um governo;
  • Liquidez gerada diariamente;
  • É possível prever o quanto você vai ter de retorno em cada investimento.

Fixo e variável: o que isso significa?

Outra dúvida comum é qual a diferença que existe entre investimentos com renda fixa e variável. Os de renda fixa são aqueles no qual existe uma previsibilidade fixa de retorno.

Ou seja, você vai lá, coloca seu dinheiro em um ativo, e na hora já sabe qual será o resultado dentro de certa quantia de tempo.

Isso porque, os juros sobre o seu investimento já estão pré-definidos, e mesmo que aconteça algo desastroso no mercado, existem órgãos que vão garantir que você receba o acordado.

Por isso, que este tipo é ideal para quem começa a investir e não se sente muito seguro a fazê-lo.

Já do outro lado nós temos a renda variável.

Estes investimentos ficam expostos a oscilações do mercado. Ou seja, supondo que você colocou seu dinheiro em uma empresa, se caso ela possuir um bom desempenho, suas ações vão subir.

E, isso garantirá que você ganhe mais dinheiro.

Contudo, o oposto também pode acontecer.

Na verdade, a renda variável fica exposta a diversas influências – desde a atuação de uma companhia, como no exemplo acima, até o desempenho da economia de um país.

Por isso esta é uma modalidade que oferece mais riscos. Logo, também permite maior lucratividade.

Corretoras ou bancos? Qual é o meio mais seguro para investir?

Corretoras nada mais são empresas que fazem a intermediação entre você e o mercado financeiro.

Contudo, existe um senso comum de que elas são menos confiáveis que bancos, o que definitivamente não é verdade.

Ambos ficam sujeitos às mesmas regras, e oferecem assim as mesmas garantias.

Portanto, a segurança fica somente de acordo com o tipo de investimento que você escolher, como já vimos anteriormente.

O que significa perfil em investimentos?

Vamos supor que você tomou a decisão de começar a investir. Caso resolva ir até o banco para fazer isso, eles vão antes montar o seu perfil de investidor.

Mas que é isso?

Bom, como as pessoas são diferentes, elas também possuem diversas preferências com relação a aplicações financeiras.

Alguns são mais cautelosos, outros mais arrojados.

Podem haver alguns que almejam objetivos mais imediatos, outros estão olhando lá na frente.

Tudo depende da sua disposição e objetivos.

Veja esse vídeo sobre um Guia Básico para começar a investir:


Comecei investir e estou com medo dos riscos

Bom, caso você escolha um investimento que seja de alta segurança, como o Tesouro Nacional, por exemplo, não há motivos para ter este medo.

De fato, as aplicações em renda fixa são bem mais seguras.

“Mas se o banco falir”, você pode pensar. “aí não tem mais jeito!”

Na verdade, tem. Existe uma associação chamada Fundo Garantidor de Créditos, que vai lhe reembolsar caso aconteça algo desta natureza.

Mas existe uma questão que já foi levantada neste texto de forma breve: quanto maior o risco que um investimento tiver, maior sua expectativa de retorno.

Logo, podemos deduzir que o inverso também é verdade: quanto mais seguro ele for, menos retorno terá.

Portanto, depende de você.

Para investir eu preciso de muito dinheiro?

Esta é outra lenda que afasta muitas pessoas do mercado financeiro.

Muitas pessoas consideram que só investir quando temos muito dinheiro, o que não é verdade.

Temos, por exemplo, o caso do Tesouro Direto, que oferece títulos por valores bem baixos, como R$ 30.

Caso deseje entrar no mercado de ações, verá que o preço unitário delas também não é alto.

Isso não é algo apenas para abastados. Qualquer um pode fazer!

Comecei investir – qual conselho vocês me dariam?

Bom, podemos citar alguns.

Primeiro, pense em qual é o seu objetivo com isso, se é de curto, médio, ou longo prazo.

Depois verifique suas finanças e veja o quanto consegue separar de sua renda mensal para investir.

Por fim, estude sempre o assunto, para conseguir fazer os melhores negócios.

Saiba mais sobre Finanças, veja aqui.

Esperamos que este breve guia com as principais dúvidas para quem irá começar investir, seja esclarecedor!

Então, se gostou, compartilhe em suas redes sociais!

 

*Fonte: https://news24hora.com/comecar-investir-principais-duvidas

Advertisement

Participe do Nosso Grupo e receba Novidades na palma da mão:

WhatsApp Telegram

Leia também

Esse site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade
Clique e Entre em Nosso Grupo 🥰