Cálculo GPS – Guia da Previdência Social

O empregador precisa recolher para garantir os direitos de seu funcionário!

O Cálculo GPS – Guia de Previdência Social é uma das obrigações do empregador, para que o trabalhador tenha benefícios previdenciários.

Uma empresa deve fazer o cálculo GPS, para que mensalmente possa fazer o recolhimento do valor para a previdência social.

Advertisement

O valor varia de acordo com a atividade exercida pelo profissional e sua remuneração mensal. Por isso, vamos explicar melhor sobre o cálculo GPS.

Para que o cálculo GPS não represente uma dificuldade na rotina de sua pequena empresa e o recolhimento possa ser feito corretamente.

Confira a seguir, tudo que separamos sobre o cálculo GPS, aproveite e sane suas principais dúvidas em nossos links rápidos:

Advertisement

O que é cálculo GPS – Guia de Previdência Social?

A Guia de Previdência Social, é um documento utilizado para que o empregador possa fazer o recolhimento das contribuições previdenciárias de todos os funcionários.

A quantia a ser recolhida é calculada mensalmente, para repasse ao INSS. O empregador precisa recolher a quantia para garantir os direitos de seu funcionário.

Se o empregador não estiver fazendo o devido recolhimento, o funcionário não terá direito a auxílio doença, por exemplo.

Portanto, é fundamental que o empresário saiba fazer o cálculo GPS – Guia de Previdência Social, para recolher todos os meses.

Cabe também ao colaborador, acompanhar se o empreendedor está efetuando os pagamentos. Tendo em vista que é uma obrigação de seu contratante.

Caso o contratante esteja descumprindo os pagamentos, o funcionário fica sem nenhum direito previdenciário. Atrasando inclusive a aposentadoria.

Advertisement

Quem deve recolher Guia de Previdência Social?

É importante destacar que, além do empregador que recolhe a Guia de Previdência Social, alguns profissionais também podem fazer o recolhimento. São eles:

  • contribuintes individuais: todos os trabalhadores independentes que atuam sem vínculo empregatício devem fazer a contribuição por conta própria;
  • contribuintes facultativos: qualquer pessoa com mais de 16 anos que tenha renda própria e queira contribuir para a Previdência Social;
  • contribuintes especiais: trabalhadores rurais e pescadores cuja atividade tem como objetivo o sustento da própria família;
  • empregados domésticos: nesse caso, é preciso que o empregador registre o empregado em Carteira e ambas as partes são responsáveis por recolher GPS.

Portanto, como o exposto anteriormente o recolhimento de GPS não é meramente uma obrigação do empregador.

Nos casos expostos, a responsabilidade é do trabalhador ou dividida entre empregador e trabalhador.

No site do INSS é possível preencher os seus dados para emitir a Guia de Previdência Social, para recolher sua contribuição.

Como fazer o cálculo GPS?

Aprender como fazer o cálculo GPS é mais simples que você imagina! Justamente para facilitar o cotidiano, existem ferramentas automatizadas.

Tendo em vista que, o cálculo GPS precisa ser feito todos os meses, considerando hora extra e outros dados relevantes.

Por este fator, é fundamental ter facilidade na hora de fazer o cálculo GPS, para evitar que a burocracia dificulte o recolhimento de impostos.

Atualmente, é possível ligar para a central telefônica 135 e seguir todos os passos que são informados sobre como fazer o cálculo GPS.

Nesse caso, você fará o cálculo de um funcionário durante o acompanhamento telefônico e repetirá a fórmula para os demais.

Se preferir, também é possível acessar o site da Receita Federal. Se preferir, também pode calcular pelo site do INSS.

Passo a passo de como fazer o cálculo GPS pelo site do INSS?

O processo de como fazer o cálculo GPS pelo site do INSS é simples, siga os passos:

  1. Acesse o Sistema de Acréscimos Legais (SAL), onde você poderá calcular parcelas em aberto e as que estão dentro do prazo;
  2. Escolha o módulo mais adequado para a sua realidade;
  3. Informe o PIS/PASEP do contribuinte;
  4. Preencha o quadro de verificação e confirme, após conferir todos os dados;
  5. Informe todos os dados solicitados na página;
  6. Acesse a sua guia GPS para fazer o pagamento.

É importante fazer esse passo a passo para cada funcionário, uma vez que, a remuneração altera o cálculo.

Não só em relação ao valor que é pago a cada funcionário, como também as horas extras influenciam em relação ao valor do GPS.

Portanto, é preciso que esse cálculo seja feito mensalmente com a adequação devida, para que o recolhimento esteja de acordo com a realidade daquele mês.

Dessa forma, o profissional estará melhor protegido, tendo todos os direitos previdenciários garantidos.

Sempre baseando seus direitos no recolhimento adequado, de acordo com a sua faixa salarial atual.

Isso é importante para que, o trabalhador tenha os direitos garantidos em caso de necessidade de auxílio doença, por exemplo.

De modo que, o salário esteja atualizado junto ao INSS e isso sirva para basear o cálculo de pagamento mensal de auxílio.

Posso pagar GPS em atraso?

Aconteceu algo que te impediu de realizar o cálculo GPS a tempo? É preciso correr para minimizar a multa!

No caso de GPS em atraso, existe a cobrança de multa equivalente a 0,33% do valor da GPS por dia de atraso no pagamento.

Nesses casos, a multa tem limite estabelecido em 20% do valor da GPS, quando o atraso é muito longo.

Portanto, o ideal é evitar qualquer tipo de atraso em relação ao recolhimento de sua guia. Justamente para que o imposto não fique maior.

Além disso, é importante destacar que nos casos de cálculo GPS em atraso, o ideal é fazer o procedimento online.

Não é possível fazer o cálculo do valor em atraso por meio do atendimento através da central telefônica 135.

Tendo isso em vista, prefira adotar como medida preventiva o cuidado de pagar em dia para evitar juros e burocracias.

Agora que você já sabe tudo a respeito de como fazer o cálculo GPS – Guia de Previdência Social, aproveite as informações para evitar erros!

Saiba mais sobre Previdência Social, veja aqui.

E, não se esqueça de compartilhar esse conteúdo com aquele amigo que também precisa aprender sobre cálculo GPS.

Leia também

Esse site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade